• Carol Prímola

Moda x Coronavírus


O coronavírus vai mudar o nosso olhar para a moda?

Em um post anterior falei um pouco sobre: Moda x Tendência x Estilo

E como vocês sabem, tendência é uma manifestação comportamental coletiva.

Sendo ela fundamentada e surgindo de alguns fatos que ocorrem no mundo.

Hoje vivemos um fato marcante em nossa vida, coronavírus!

Nossa crítica de moda preferida, Camila Toledo diz: “A tendência mudou radicalmente, até dezembro. Simplicidade, conforto e bem-estar devem ser a palavra chave para qualquer desenvolvimento.”


Então marcas e consumidores se atentem a isso.

Antes da quarentena estávamos vivendo uma moda carregada, muita informação, muito “luxo” e preços absurdamente altos para produtos sem valor agregado, vendas desesperadas e muita imposição.

Desde a chegada da Internet e Midias sociais, muita coisa mudou.

Loja física precisou entrar nessa jogada para continuar vendendo ou era engolida pelo Instagram, começou a propagação de influencers para gerar desejo de consumo, as pessoas enlouquecidas para TER aquilo que muitas vezes era apenas status.

Grandes mudanças ocorreram também nas GRIFES e Semana de moda pelo mundo a fora.

Os grandes eventos de moda tiveram que se reinventar, antes a coleção apresentada era uma estação a frente da nossa, com a chegada da internet tudo mudou, todo mundo começou a ter acesso e já sabia o que viria, pequenas e grandes lojas, principalmente Fast Fashion começaram a fazer cópias antes mesmo do lançamento oficial da coleção!

O termo SEE NOW, BUY NOW (veja agora, compre agora),ganhou o apoio de algumas grifes para evitar a CÓPIA em uma era tão imediatista.


Imagino que essa "nova era", vai trazer leveza e menos coisas supérfluas.

Vamos prezar o minimalismo, o famoso menos é mais, até nossa economia voltar a respirar.

O período atual me lembrou a II Guerra Mundial, onde os setores industriais foram afetados pelo confronto e trouxeram uma moda mais enxuta, seca, sem tanta cor e outros tipos de tecidos (viscose, raiom e fibra artificial ) para aquecer a população.

Agora é a hora da gente se perguntar:

O que estou consumindo? Qual é o tecido? Existe valor real agregado nessa peça? Combina comigo?

Tempos de ser você, viver sua realidade sem desejar a vida perfeita do Instagram.

Cuidado com o que você consome.





89 visualizações1 comentário
CONTATO
  • instagram-logo-preto
  • whatsapp